sexta-feira, janeiro 12, 2007

Fala fala e não diz nada

Há bocado passou uma entrevista do Ricardo Araújo Pereira à Judite de Sousa no programa Grande Entrevista. O homem falou muito e mostrou ser p'lo menos bastante inteligente. E conseguiu ser sério sem dizer (muitos) disparates.

E se é realmente cromo em literatura como aparenta ser, sobe na minha consideração substancialmente. É que além ser palhaço, é um palhaço muito culto na realidade... Conseguiu, com cara séria, fazer-me rir com a forma de responder. Ou então, é lembrar-me da figura de palhaço que tem.

Não sei... É qualquer coisa assim!

3 comentários:

Gattaparda disse...

Não é palhaço, é palerma.
Mas, do pouco a que assisti, consegui afastar a ideia de fedorento que tinha dele.
Bem haja!

Parafuso disse...

Podes crer! É um verdadeiro palerma, segundo ele é um termo linguístico usado como meio de fuga para situações mais incómodas.

Já tinha bastante consideração e admiração sobre ele, admitindo que é a alma da essência do grupo de pessoas que formam o Gato Fedorento, e considerando uma pessoa inteligente a todos os níveis, fazer Humor é muito difícil e aquele que eles fazem requer mesmo muita inteligência e espontaneidade fabulosa.

Jú disse...

A essência do "Gato fedorento" como um todo é a inteligência das partes...