quinta-feira, junho 08, 2006

Todos devíamos ter o quê?....

Acho que muita gente viu a reportagem dos skinheads portugueses (sim, com "p" e não com "P"...). Admito que fiquei chocado com aquele tipo da arma de guerra colocada ao lado do sofá, como se tratasse de um qualquer ornamento caseiro. Sim, obviamente que todos deveríamos ter uma carabina daquelas em casa... A minha está encomendada há uns meses já... yeah... right!

Os ideais de Direita já me são detestáveis quanto baste, mas Extrema Direita não aceito. PONTO! Ser estranho, aquele ser detestável do PNR, com ar de queque da linha de primeira água. Discurso fácil, deduções muito pouco lógicas e sempre numa onda de culpar terceiros. Nem vou dar-me ao trabalho de transcrever o que ouvi, porque concerteza todos ouviram o tamanho churrilho de disparates que aquelas bestas disseram! Gente com 1/4 de cérebro, provavelmente...

E tinham que ser do Sporting aquelas coisas? Tinham mesmo? Seres repugnantes! Podiam ser lampiões... Ou melhor ainda, tripeiros!

8 comentários:

Anónimo disse...

“Extrema-direita”, “extrema-esquerda” uns são skins ou queques da linha, os outros são anarquistas… gosto de pensar que no meio é que está a virtude! Apesar de ter ideias tanto de esquerda como de extrema-direita, mas como é necessário existir liberdade de expressão numa democracia (se é assim que se pode apelidar aquilo que tanto apregoamos), surgem determinadas alarvidades ditas por gajos que não conseguem ter um discurso coerente (nem pouco mais ou menos) que temos de gramar)! Penso que é necessário ouvir todas as ideologias, mas a nossa sociedade não se compadece com determinados personagens que não passam de grandes aventesmas! É um tema que poderia ser discutido de uma forma excessivamente alargada… no essencial fica que não existe espaço para extremismos (de esquerda ou direita), somos e sempre seremos de “brandos costumes”! Se reparares bem, os skins do SPORTING estão nas claques e como sabemos é difícil encontrar um membro dessas mesmas claques com dois dedos de testa… isto é válido para qq claque! Sendo certo que dois dedos de testa se poderiam dividir pelos adeptos do benfica e do porto e ainda sobrava “meio dedo” para o “casal” (Vieira/Veiga)!

scheeko™ disse...

Mas não... são do Sporting. A realidade é dura e crua!

Ricardo Ramalho disse...

lol

Mas também existem aí no teu Benfica! :P

João Paulo Silva disse...

Pois, a pergunta era essa: E se forem de extrema esquerda, já não são detestáveis? Não confundamos direita com nazis!

Depois, não será o que tu estás a ser ao discriminar lampiões e/ou tripeiros, mesmo que em tom de brincadeira?

Ricardo Ramalho disse...

A parte da bola, é mesmo em tom de gozo porque é uma estupidez seja lá onde for...

Hoje em dia não sei o que será "Extrema Esquerda", porque nem sequer existe de facto... Ou será que o PCTP-MRPP é Extrema Esquerda?... Não sei!

Agora a Extrema-Direira existe! É presente!

Anónimo disse...

Podes considerar "Exrema -Esquerda" o BE, apesar de não se assumirem como tal, o discurso e a ideologia não deixam grande margem para duvidas! Tambem apelidados de "esquerda-fashion" chegam por vezes a roçar a anarquia moderada...

Anónimo disse...

Pois é....estão no SCP por uma simples razão...porque de facto em Portugal claques só em Alvalade...o resto é paisagem.... por isso para terem cenário para poderenm fazer aquilo que querem têm de se infiltar onde existe algo organizado... esse tipo de gente move-se desta forma ! (INFELIZMENTE)

Parafuso disse...

Todos os "extermos" levados á risca são preocupantes e detestáveis, em relação ao futebol, tanto o Sporting como o Benfica, o Porto, o Boavista, o Gil Vicente não têm culpa nem podemos responsabilizar directamente, esses animais infiltram-se nas claques em busca de violência gratuita, e o clube a que se referem que têm no coração é a chamada conversa da treta.

Sejam adeptos, e não uns animais.