sexta-feira, junho 09, 2006

Tanto por dizer, mas sem saber o quê...

Por estes lados, nos últimos dias, tem sido complicado! Por um lado, o estado de saúde do meu pai agravou-se mais uma vez, e lidar com o facto de que ele está cada vez mais velho e doente é ainda algo que me custa a aceitar. Por outro, tenho andado ocupado com pinturas e outras coisas aqui em casa, o que me tem também impedido de escrever muito. Diga-se também que não tenho tido assim muita pachorra!

Mas mesmo assim, sinto que tenho imensa coisa aqui para escrever! Pequenas coisas do meu quotidiano, pequenas sensações e situações. Mas que me apetece relatar, mas que muitas vezes esqueço, e nunca mais as escrevo... Sempre que me lembro, se calhar escrevo-as, e muitas vezes também não as publico! Ficam só para mim, ali numa pasta para talvez um dia as reler e, quem sabe, publicar aqui!

Talvez vá a essas coisas soltas buscar ideias para escrever um conto de uma página, que a Bela quer que escreva para participar num concurso de escrita. Ela acha que eu escrevo bem por vezes! Eu não vou comentar isso, visto que não me compete a mim avaliar isso. Mas vou participar, porque é uma experiencia diferente! E ninguém imagina o que eu preciso de coisas diferentes...

:)

3 comentários:

Anónimo disse...

Acredito que o estado de saude se um familiar provoque efeito na escrita... o meu pai é a origem de muitas questões, duvidas e interrogações, é Sociologo (certamente já o viste na televisão), bem, isto não interessa, certo é que é um guia, uma linha a seguir...

Fafa disse...

Acho óptima a ideia de escrever um conto... :) Dou-te todo o meu apoio... se puder ajudar em alguma coisa, conta comigo!

Parafuso disse...

Já começaste a escrever o conto? Queres alguma ajuda?!................

Liberta a tua Veia de escritor!