segunda-feira, abril 03, 2006

Passeios

O meu pai estava chocho ontem! Parecia agastado com algo, mas também não abria a boca. Sei bem que ele preocupa com tudo e mais alguma coisa. Preocupa-se demais e pensa demais em tudo e em quem lhe é mais querido. Aceito a preocupação mas ele normalmente vai longe demais, infelizmente. Tantas discussões temos tido, simplesmente porque ele se recusa a aceitar que eu não sou ele, e que não tenho que fazer o que ele acha mais correcto... Da última vez que discutimos acabei a chamar-lhe "inconsequente"... Coisa um pouco triste, mas já me estava a fartar da conversa.

Bom... mas ontem não foi o caso. Depois de uma manhã de Domingo passada a jogar futebol com os amigos, e de um almoço algo tardio com os meus pais, decidi ir passear à tarde com eles. Fomos até um sítio algo especial para o meu pai: a Foz do Arelho. Sítio muito bonito por sinal, e p'los vistos foi o sítio onde o meu pai viu o mar p'la primeira vez. Ouvi-o falar da sua meninice, dos pulos de alegria e tanta coisa que ele se ia lembrando ao longo do caminho. Parei o carro e fomos caminhando a pé por ali fora. Mas ele ficou de facto muito feliz com o passeio! Veio o resto do caminho com leve sorriso na cara, coisa que me deixou bastante contente admito.

1 comentário:

Gattaparda disse...

E a mim faz-me algo feliz, quando escreves com emoções descongeladas e cozinhadas ao ponto.
Um beijinho terno.
Olha...gostaste de me ver?!