domingo, março 12, 2006

Grutas

Tínhamos acabado de descer para a quarta (ou talvez quinta... sei lá...) galeria. E começo a ouvir a malta à minha frente a dizer "porra! Como é que vou descer isto?"... Pensei que iria ser a pior a parte do percurso! Afinal, já tínhamos visto zonas extremamente apertadas no percurso até ali e pior não poderia haver certo? Errado! Muito errado! ;)

Cheguei à tal descida e pensei que seria o "tralho do ano"! Nada disso. Até se desceu bem! Depois de lá estarmos todos em baixo, numa galeria relativamente apertada para 13 pessoas, comecei de novo a pensar por onde iríamos a seguir, porque não estava mesmo a ver por onde poderia ser...

Quando o instrutor nos disse que era para irmos por uma certa fenda, pensei claramente que não caberia ali. A malta que seguiu à minha frente berrava a dizer que aquilo era apertado, mas lá iam passando! Lá me meti p'la fenda e fui rastejando p'lo percurso que iria dar a uma outra galeria, ainda mais exígua que a anterior! Mas... a sensação de estar a ser esborrachado entre dois calhaus é simplesmente bela e horrível ao mesmo tempo; o espaço para passar era tão apertado que até o capacete de protecção não passava se não fosse de lado, ou seja... não dava para ver para a frente por vezes! A luz no próprio capacete apagava-se durante o exíguo percurso, deixando-me completamente às escuras momentaneamente. Eu só fazia força... muita força para continuar em frente, para ver se chegava à tal outra galeria. Quando todos começámos a pensar que tínhamos que voltar para trás, para sair, eis que o instrutor nos disse que a saída era já na outra galeria, e que bastava simplesmente subir! Ufa... ;)

Durante a viagem de volta a Lisboa comecei a sentir-me realmente cansado, mas claro que a noite ainda era mesmo uma criança...

Adorei a experiencia da espeliologia. Aconselho a experimentarem, se não forem ainda mais gordinhos do que eu! E preparem-se, que no dia seguinte parece que realmente levaram uma carga de porrada!! ;)

PS: Tenho os joelhos todos negros, de tanto rastejar! :D

9 comentários:

patoquinha disse...

foste onde?

squiddy - a lula disse...

A gruta era humida!!!
Molhada mesmo!... :D
E apertadinha! eheheh
Depois disso tudo não te querias sentir cansado?
Um homem não é de ferro!!! lol

ladybird disse...

Já ouvi falar de espeleologia, mas nunca fiz...parece ser uma actividade engraçada para experimentar com um grupinho de amigos...

CG disse...

após ver o the descent... que desisti de me aproximar disso... eu nao sou claustrofóbico....mas acho que o filme me impressionou de mais

CG disse...

após ver o the descent... que desisti de me aproximar disso... eu nao sou claustrofóbico....mas acho que o filme me impressionou de mais

CG disse...

ate dupliquei o comentário...bolas

carlitos disse...

grutas mt a frente é caso para repetir, mas só se for nivel 2 ao menos é a descer ahhaah

grande abraço boss ricardo

Fafa disse...

Aconselho a "Gruta das Torres" na ilha do Pico... não tanto pela adrenalina, mas pela beleza do lugar! Vale a pena. =:)

Anónimo disse...

quero saber tudo!!
onde foi especialmete!;)
eu sou maluquinha por geologia e minerologia!
grutas é o meu mundo;)!!!
jokas
Angel