terça-feira, março 07, 2006

Disciplina

Aqui o meu blog tem andado sem interesse. E digo-o com plena consciencia! Digo umas tantas soltas, ponho tralha que toda a gente acaba mais tarde ou mais cedo por receber nos seus e-mails... Digamos que tenho andado introspectivo, em reflexão acentuada, provavelmente mais na onda da bússula no Norte absoluto! Ou seja, à procura do Norte, sem ver que ele está por aí... Mesmo no dia-a-dia não quero discutir nada muito profundo! Qualquer treta superficial serve... perfeitamente! Li algures uma vez que a futilidade pode ser um bom catalisador emocional... Pareceu-me disparate pegado na altura, mas agora faz algum sentido... Já nem me lembra onde li isso, mas agora tem algum sentido de facto. Dizer m*rda, p'lo puro prazer de dizer m*rda... Mas de facto nada disso tem transparecido aqui no blog. Ou então até tem...

E nesta toada de instrospecção, concluí que um dos meus maiores defeitos é facto a indisciplina. Não é nada de novo de facto. Acho que a partir de uma certa e determinada altura da minha vida comecei de facto a ter aquela atitude que falava há uns dias atrás: a atitude do "tou-me a c*gar!". Não é, se pensar bem, nada de novo. Afinal, já foram uns bons anos a "virar frangos", e experiencia do "tou-me a c*gar" parece-me que já é muita...

Começo imensas coisas, normalmente sempre com demasiada pica... Mas essa pica vai-se tão depressa quanto veio! É algo normal comigo, e tenho a sensação que sempre fui assim. Começo, ou esboço uma intenção de começar algo, mas levar a coisa avante e terminá-la é que já é mais complicado. Sou de facto especialista a deixar coisas a meio, e é muito fácil meter os pés p'las mãos quando me apertam os calos...

Mas! Ultimamente tenho feito um esforço, e tenho olhado para pequenas coisas, pequeninos projectos que me permitam simplesmente ter a noção de princípio-meio-fim; de ter aquela noção de que ando a começar e a acabar coisas. É como treinar com puzzles pequenos para depois ir para puzzles maiores. No fundo é a prática do GTD - Getting Things Done. Algo muito em voga em alguns sites na net com montes de teorias sobre isso... Enfim... Adiante!

Quando falo em pequenos projectos, podem ser coisas tão simples como conseguir ler uma porcaria de um livro até ao fim sem me perder p'lo meio. Ou ter uma ideia para um pequeno utilitário informático, e simplesmente concretizá-lo, com pés e cabeça! Sem megalomanias. Tentando ganhar disciplina a pouco e pouco... E talvez um pouco de confiança em mim mesmo no processo...

9 comentários:

Parafuso disse...

Gosto de ouvir-te a dizer isso, mais sereno e a "procura" de ti mesmo!!

Um abraço
Parafuso

Azrael Angel disse...

FOOOOOOODA-SE! Larga as drogas Pá! nós já somos muito e ela já é tão pouca!!!


LOL

Gattaparda disse...

Saravá!
Até que enfim!
Beijo

Ariadne disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.
Ariadne disse...

Olá Ramalho :)

Bem texto. Tem outro sabor, ligeiramente diferente do que se tem visto por aqui...

Sabes que a confiança ajuda mas há sempre aquelas alturas em que ela falta... acontece com toda a gente... Nessas alturas há uma coisa que faz milagres... sabes qual é ? SER TEIMOSO !!! Consegues ser teimoso, não consegues ;)?

Jokas pra ti
BB

maria disse...

E não te esqueças de um projecto a que te predispuseste.....mas esse parece que nem iniciaste. :S
É, concerteza, o mais importante. ;)

Joaquin Gomez aka "Vendetta" disse...

É bom desembuchar. Força então naquilo que te propuseste ;)

Anónimo disse...

fogo...assim não vale...há que deixar aquilo que o pessoal escreve..CENSURAS?...:(

Ricardo Ramalho disse...

Censura?

Onde?