segunda-feira, dezembro 05, 2005

Um centavo por e-mail enviado...

Pois é! Todos nós recebemos nos nossos endereços de correio electrónico (e-mail), imensas palhaçadas sob as mais variadas formas. É já uma "forma de cultura" encher as caixas de correio alheias com tretas. Todos o fazem, uns mais, outros menos.

Mas há um tipo de e-mail que me consegue irritar solenemente. Aliás, escrevo este post como sequencia de um e-mail que acabei de enviar, em jeito de resposta a um dos supra-citados e-mail's...

E que tipo de correspondência falo eu? Falo daquelas chain-letters irritantes em que se pede para re-enviar o mail porque a criancinha queimada recebe um centimo por cada mail enviado, ou da União Zoófila (este anda a circular desde o ano em que entrei no IST... Em 1996...), ou de tantos outros. Quem tiver o mínimo de conhecimentos técnicos de informática saberá que é impossível fazer tracking de e-mail para saber quantas pessoas re-enviaram o dito e-mail. É simplesmente impossível, devido à forma de funcionamento dos sistemas de e-mail.

Quem faz estas chain-letters só pode ser completamente estúpido porque se está a aproveitar da ignorancia e altruísmo alheio para fazer circular algo que nunca servirá os propósitos de nada nem de ninguém. Só talvez o do seu próprio orgulho, de ver um determinado e-mail criado por si, voltar à sua caixa postal... Qualquer mensagem que pudesse ser minimamente fidedigna, perde o crédito devido às milhares de hoaxes que aparecem diariamente...

7 comentários:

Elias disse...

As chain letters são irritantes.Comigo morrem.

No entanto não posso deixar de te dizer que não sei qual o mail que te referes em relação a união zoofila mas que eles fazem um bom trabalho com animais isso eu não tenho duvidas, que precisam de ajuda, toda a que puderem tb não tenho duvidas, já conheço a organização e ainda existe muita gente a ajudar.
Aqui fica o link para os conheceres melhor :D

http://www.uniaozoofila.org/

joana disse...

Acho que esse é um tipo de mails que toda a gente recebe, e tal como tu dizes, também me irrita solenemente! Inicialmente qualquer pessoa pode cair no erro de pensar que é real, mas há formas de nos certificarmos que de facto não é.Uma amiga minha resolveu informar-se acerca de um mail que andava aí a circular de uma criança que tinha um problema qualquer e onde referiam que a Camâra Municipal da zona andava a ajudar e apoiar (diziam eles). Telefonando para a referida Camâra, veio a saber que não passava de uma grande mentira.

Foi bom teres escrito este post, de certa forma a alertar, porque, ingenuamente e com muito boa vontade ainda existe muita gente a reenviar estes mails e a achar que está mesmo a ajudar...

zepires disse...

Pois, de vez em quando costumo receber um e-mail com uma ninhada de labradores, todos muito bonitinhos, mas que vão ser sempre abatidos nos próximos 15 dias.

A questão é que eu recebo esse e-mail *montes* de vezes, já muito depois de ter findado sempre esse prazo.

Comigo, chain-letters acabam também sempre por morrer. Com esta febre de chain-letters e spam, mais cedo ou mais tarde, perde-se o enorme valor que o e-mail traz.

Existem montes de tecnologias existentes que permitiriam acabar logo com estas "epidemias de e-mail" (e-mail assinados digitalmente, por exemplo), correndo logo com o remetente. Infelizmente, não existem "tomates" para tomar uma iniciativa dessas.

Gattaparda disse...

comigo são nados mortos!

Gattaparda disse...

A União Zoofila para funcionar bem tinha de fazer abate seletivo de animais, Sr. António Elias!

Parafuso disse...

Amigo tens toda a razão, esse tipo de mail ao longo do tempo torna-se um puro lixo e com muita falta de respeito por um problema de saúde de uma determinada pessoa, enfim começa por uma boa causa e acaba num autêntico disparate.
Pura consequência do mau uso do mail, já agora deixo aqui algumas recomendações de segurança que deverão ter na utilização do email:

-> Evite abrir arquivos ou programas anexados em mensagens de email sem primeiro os verificar com um anti-vírus actualizado, mesmo que a mensagem seja de uma fonte legítima.
-> Evite abrir emails de origem desconhecida e adopte uma postura conservadora mesmo com emails que pareçam escritos por conhecidos.
-> Não forneça dados pessoais através de mensagens de correio electrónico.
-> Desactive a opção “Painel de Pré-visualização” (ou “Preview Pane”) do seu correio electrónico para evitar que uma mensagem com vírus (geralmente em HTML) seja processada automaticamente. Se desejar manter essa opção activada, aconselhamos que no correio electrónico defina a recepção de todas as mensagens em formato de texto.
-> Se receber um email a solicitar a introdução dos seus dados num determinado site, ou a propor-lhe que aceda a um link para determinada página e que coloque os seus dados de acesso, isso significa que não é efectivamente um email válido. Por razões de segurança, as entidades nunca lhe enviará emails com links para o site, e nunca lhe solicitará os seus dados pessoais por email.

Azrael Angel disse...

pois... se assim fosse, havia ai muita gente mais rica que o belmiro