quarta-feira, dezembro 29, 2010

Restrospectiva 2010

Todos os anos faço uma certa retrospectiva do ano que passa, mais longa, mais curta mas faço. Este ano não será uma excepção, apesar da magreza de posts que tenho feito aqui neste espaço.

Este ano foi fértil em acontecimentos; talvez seja dos anos em que mais coisas relevantes aconteceram na minha vida! Coisas boas, e coisas más, todas em proporções... digamos... grandes! Não vou negar a importância que todas tiveram, foram experiências importantes e fizeram/fazem-me crescer por dentro. Fazem de mim uma melhor pessoa, espero!...

Na componente pessoal, começou bem, chegou a meio e ficou negro! O que de facto desejava não era o que tinha; eu vivi um amor, a outra pessoa viveu o que lá só ela sabe, não lhe irei guardar mais rancor, irei guardar o que aprendi, o que tenho que fazer para que certas situações não se repitam, e acima de tudo os bons momentos que passei. Foi uma pessoa que passou e saiu da minha vida em 2010 e que não voltará. Guardo-lhe o carinho p'los bons momentos que passámos, apenas isso. Aprendi e uma parte dessa aprendizagem doeu. Vamos ver se a lição pegou ou não, num qualquer dia daqui para a frente.

Eram apenas duas personagens que não estavam no mesmo filme. Este é o ponto fulcral! Convém ouvirmos os nossos próprios sentimentos, eles falam muito! Não é por acaso que o nosso subconsciente nos vai dando todas as dicas que precisamos; é um completo puzzle que se vai montando na nossa cabeça,  é uma ideia plantada na nossa mente por nós mesmos ao longo do tempo! Seja lá o que for, essas ideias crescem, e só crescem porque há algo a dar-lhes fundamento - o fundamento que tinha era que algo ia mesmo mal, e que não estava bem naquele filme. Não tive a coragem de lhe por o "The End" que necessitava. Talvez tenha sofrido ainda mais por não ter sido eu a fazer isso... Agora pouco importa, porque isso aconteceu, e ainda bem que aconteceu. Houve uma pessoa, ainda que indirectamente e inconscientemente, me fez perceber isto tudo - de certa forma, obrigado.

Na componente profissional, foi dos meus melhores anos, senão for mesmo o melhor. Sinto-me hoje reconhecido onde estou há uns bons anos, e tenho à volta pessoas que são um verdadeiro espanto! Como se diz na gíria futebolística, "jogam e dão a jogar". Alguns inventam e falam demais, mas... papagaios existem em todo o lado não é verdade? A minha "chefe por dois meses" ajudou nesse processo, por isso tenho que lhe agradecer, também por ser uma pessoa fantástica e por me ter deixado sair para o departamento onde sempre deveria ter trabalhado. Tenho aprendido imenso com estas novas pessoas, são colegas fantásticos. 

Sinto-me finalmente útil a algo e as responsabilidades não me estão a meter medo.

Foi, de facto, um ano fabuloso, apesar de algumas situações muito... pesadas!... Mas tenho conhecido muitas pessoas fantásticas! Aliás, na segunda parte do ano, admito que tenho conhecido muitas pessoas, e algumas delas são realmente fantásticas. Que 2011 continue estas boas vibrações, e que possa para o próximo ano escrever com ainda mais calor. Bom ano a todos!

8 comentários:

Bruno Simões disse...

Dá-lhe puto. E para o ano sempre a subir!!! :D

Abraço

Carlos Sequeira disse...

Muitoooo Bom Mestre, e Lembra-t q destas instabilidades evoluiste, cresceste e conheceste-t a ti mesmo um pouco melhor, daqui UMM grande Abraço deste teu amigo carlos ;) até amanha.Keep True Keep You

Ana disse...

Ricardo,

gostei imenso do teu post. Transmite uma sensação de paz que há algum tempo não te sentia e que desejava que encontrasses. :)
Estou muito feliz por ti.

Bom ano.
Ana Simões

Bodhisattva disse...

CAro Amigo

Importa começar um novo ano procurando sanar as feridas que nos empataram o juizo ou o coração.
Só seguimos em frente quando nso sentimos bem conosco e atingimos, pelo menos interiormente a compreensão e a dimensão dos "porquês".

Que 2011 comece bem e termine ainda melhor e que no campo profisional tudo se mantenha para ti!

Eu cá estarei para te mandar uns calduços e umas sapas valentes sempre que for preciso!E mesmo quando não for!:)

Forte Abraço e obrigado por seres meu amigo

Bodhisattva disse...

CAro Amigo

Importa começar um novo ano procurando sanar as feridas que nos empataram o juizo ou o coração.
Só seguimos em frente quando nso sentimos bem conosco e atingimos, pelo menos interiormente a compreensão e a dimensão dos "porquês".

Que 2011 comece bem e termine ainda melhor e que no campo profisional tudo se mantenha para ti!

Eu cá estarei para te mandar uns calduços e umas sapas valentes sempre que for preciso!E mesmo quando não for!:)

Forte Abraço e obrigado por seres meu amigo

Sara Teixeira disse...

Ricardo, como todos os anos que passam, existem momentos bons e menos bons que nos acompanham...
O que importa é saber vive-los, suporta-los e ultrapassa-los quando são maus e aproveita-los MUITO quando são bons! E isso tu fizeste-o bem melhor do que imaginavas! Superaste-te...;)
Lembras-te de "O tempo...."?;) Beijinho Grande amigo! E um excelente 2011!
Mereces tudo de muito bom!!
Sara

MahatmaDi disse...

MUITO BEM Ramalho! :)

Parafuso disse...

Well Done, go on! Big hug :)