terça-feira, janeiro 02, 2007

Novo Ano - Parte II (o Depois)

O 2 de Janeiro... É aquele dia em que a ressaca do anterior já não se sente e que nos faz acordar para a triste realidade de que pouco (ou nada!) mudou desde há umas horas atrás. Nem era suposto! Mas agora é o voltar ao trabalho, e estar preparado para o ano que agora ainda mal começou.

A passagem de ano foi boa, e inesperada, admito! Mas gostei! Foi uma autentica lufada de ar fresco.

Mas e desejos para 2007? Objectivos, não aqueles da treta, objectivos dignos desse nome! Não é a Paz no Mundo e Matar a fome a todas as criancinhas! Por muito nobres que sejam, infelizmente não somos nós os responsáveis por essas mesmas calamidades, e pouco podemos fazer mais do que participar em campanhas de ajuda... Mas pronto! Perceberam que não era desses objectivos para 2007 aos quais me referia. Falava de metas, de coisas realmente alcançáveis! Não vos pergunto quais são, não tenho esse direito, e também não vou referir os meus...

Cá os tenho, não me apetece muito falar deles sinceramente! Este ano vou ficar caladinho, e no fim (só no fim!) verei a diferença para o que me propus e o que alcancei. Parece-me justo!

Verei não... Veremos!

Bom ano! :)

3 comentários:

Parafuso disse...

É justo sim Srº. Veremos até quando o teu Silêncio ;)
No entanto já sabes que podes sempre falar sobre esses objectivos ou metas a alcançar, aliás concordo que deves interiorizar para ti, e somente falar o que achas essencial.

squiddy - a lula disse...

Boa sorte, ou melhor, muito empenho e que essas metas se realizem!

Anónimo disse...

Sim, é verdade!! Finalmente visitei o teu blog...

Desde já, um maravilhoso ano de 2007 para ti, no qual as tuas metas interiorizadas sejam tangíveis...

Na véspera de Natal caí (brutalmente) e desde lá estou "presa" em casa com uma lesão no pé ('rotura de ligamentos', dizem eles...). E, pensei, "acho que devo isto ao meu amigo"...

O teu blog está muito bom, espelha-te!, o que é genial, pois por vezes é difícil conseguir detectar a marca real do criador...

Está simples, honesto, mas também criativo, organizado e apelativo para os temas que vais abordando.

Um beijinho muito grande, para o meu mais querido "puxa_cabelos_à_amiga_na primária", :),
Ana F.