quinta-feira, maio 25, 2006

Ai o protocolo de estado!

Esperei deliberadamente uns dias para falar disto! Não queria falar enquanto não tivesse passado algum tempo.

E como sabem concerteza, o Clero foi retirado dos salamaleques do estado, o que deixou provavelmente algumas facções do mesmo irritadíssimas! Pudera! Agora já sabem, oficialmente, que não têm assim tanta relevancia! Como se ainda não tivessem chegado a essa conclusão... Mas acho que nem é essa a questão principal! Há zonas onde ainda têm muita relevancia, e há zonas onde provavelmente já têm pouca ou nenhuma relevancia, mas como disse isso são outros quinhentos paus.

Para mim, a questão principal é mesmo a seguinte: existem mais organizações religiosas neste país! Ok, a Igreja Católica Romana é a mais representativa entre quem pratica alguma religião, mas não é a única! Então e as Testemunhas de Jeová, os Protestantes, os Muçulmanos, etc etc etc? Não mereceriam representação? Ou todos ou nenhuns! E como representar todos daria um trabalho descomunal, acho que mais vale representar nenhum, para não haverem descriminações. Ah... e se calhar deviam haver representantes dos ateus também...

Além de que temos outro facto importante, que é o facto do nosso estado ser laico, ou seja não religioso! Porque raio ter sempre representantes do Clero nas cerimónias oficiais? Eles não são parte do estado! Já foram, até há bem pouco tempo atrás... Já chega...

3 comentários:

Gattaparda disse...

Para mim este assunto não tem controversia. Somos um Estado laico, como bem dizes. Deverá haver respeio institucional para com a religiõa catolica tal como para todos os outros cleros.

JP disse...

Parece-m que ateus é o mais representado e mesmo que não seja até parece bem ser...

Ricardo Ramalho disse...

Parece bem? Nada a ver com isso JP... Tem mais a ver com o estado ser laico. Nada mais, acho.