segunda-feira, novembro 07, 2005

Porque sim...

Em França deve reinar a lógica do "Porque sim", pois não entendo porque carga de água milhares de jovens simplesmente incendeiam tudo por onde passam. Queimam autocarros deixando pessoas deficientes lá dentro a arder, expulsam jornalistas de um carro, partindo tudo o que lá estava dentro, queimando o mesmo carro a seguir, destroem fábricas e pequenas empresas que davam emprego (que eles se queixam não existir...)... enfim...

De facto não sei quais são as reais razões disto. Ouvem-se discursos mais ou menos aleatórios a queixarem-se de xenofobia, daquele ministro do interior Francês ou do facto de ser vingança p'la morte de dois jovens. Vingança? Mas... do quê? Eles entraram para um posto de alta tensão, que estava ligado, e... morreram electrocutados! Mas... Entraram lá para se esconderem numa perseguição em que fugiam da polícia por tráfego de droga. Eram uns santinhos... Coitados...

Tudo o que se possam queixar, mas tudo mesmo, não justifica qualquer acto de violencia. Toda e qualquer razão que possam ter foi imediatamente perdida a partir do momento em tomaram tais formas de actuar... Tenho pena que assim seja, muito sinceramente.

O problema é que isto vai alastrar a outros países... Vamos ver as cenas dos próximos capítulos... Gostaria que não existissem, mas duvido que não existam.

Boa semana a todos!

PS: Cadê o meu hédiphoni? :D

5 comentários:

Gattaparda disse...

tás com atakes de afro?

Parafuso disse...

Os actuais acontecimentos parecem revelar as graves falhas do modelo de integração francês, que afunda abertamente dezenas de jovens dos bairros difíceis no desespero e na miséria.

E parece que os políticos não conseguem encontra soluções para esta situação social.

Hoje uma organização islâmica francesa promulgou uma fatwa (decreto religioso) condenando a violência em França e pediu aos jovens muçulmanos que «apaziguem a sua cólera» depois da décima primeira noite de distúrbios na periferia do país.

Para mim uma tragédia sem fundamento!!!

scheeko™ disse...

só no francês?

Gattaparda disse...

É exactamente o mesmo que acontece em Portugal...

Anónimo disse...

As pessoas mostram-se injustiçadas com uma injustiça.....
As fronteiras abertas são necessárias... mas tb trazem problemas que os próprios países não sabem resolver!!!
As fronteiras existem de pessoa para pessoa.. existe xenofobia, ou uma merda de nome qualquer a quem nos tira o emprego (seja da nossa raça de outra religião ou país)... essa pessoa tirou a oportunidade de outra poder ganhar o seu "pão" honestamente.... e isso depois reflecte-se das mais varidas maneiras ..por vezes incorrectas!!!
E depois é claro q existem os oportunistas ... que aproveitam tudo para poder fazer mal.. e dizer q isso é uma causa!
Enfim
Angel