segunda-feira, outubro 17, 2005

Cenas macabras...

Na semana passada, mais precisamente de Quarta para Quinta-Feira, aconteceu-me mais uma daquelas coisas que são para recordar durante algum tempo... Assim ao nível das latas de leite condensado! Eu devo ter algum iman para acontecimentos estranhos...

Estava eu a queixar-me à minha mãe que havia muita luz no meu quarto à noite, e que isso não me ajudava muito a adormecer. Que achava que era melhor aplicar uns cortinados mais opacos nas janelas, para não passar quase luz nenhuma. A minha mãe achou parvoíce minha, mas lá arranjou umas "mantas" para meter nas janelas... Fiquei radiante!

Mas, e há sempre um «mas», a meio da noite às 3 madrugada, o suporte do varão que sustenta um dos cortinados rebenta, e o mesmo varão cai de bico e fura uma das mesas de cabeceira... Agora imaginem o estrondo!! Um gajo a dormir... e... CABUM!! Acordei completamente parvo e assustado, puxei os fios do candeeiro, aquilo acendeu no chão... Obviamente a minha mãe veio ver o cagassal àquela hora, e vê um varão espetado numa mesa de cabeceira e um candeeiro no chão... E o filho vermelho e em choque. Eu bem bebi chás de tília e até tomei calmantes... Dormir? Nã...

Fui para o trabalho, praticamente sem dormir, e o dia não correu nada de jeito. Acabei por levar uns tantos raspanetes por "atitudes menos próprias", e acabei por dar ainda mais raspanetes a outras pessoas. E nem sequer me lembrava do que se tinha sucedido na noite anterior. Só no Sábado de manhã, ao olhar para a mesa de cabeceira, é que acabei por dar importancia ao sucedido.

Agora rio-me disto... mas na hora, passei-me! :D

4 comentários:

Vera disse...

Bem eu sei que não nos devemos rir do mal dos outros, mas foi inevitável eu não me rir, com este acontecimento!!
Eu imagino como não deves ter ficado!!
Espero que estejas re-feito do "susto"!!
:))))))

Joana disse...

Eh Eh Eh....sorry, mas tb tenho que me rir!
Já me aconteceu uma situação parecida há uns anos atrás...caíu o candeeiro do tecto do meu antigo quarto em cima da minha cama durante a noite e com isso consegui levantar toda a gente lá em casa...nem imaginas o susto!Agora ao recordar só me dá para rir...

Parafuso disse...

"Um dia a casa veio abaixo" de quem é o filme? :))))))

Azrael Angel disse...

tu ja deverias saber que determinadas estruturas estão apenas destinadas a receber quantidades especificas de peso, e tendo em conta o teor da tua exigência perante a Mãe Ramalho, (que foi prontamente acedida segundo o texto), o peso deverá ter duplicado ou triplicado (dependendo do nivel de opacidade e do material usado para tal), acelerando assim a inevitabilidade!

fico contente por ter acertado apenas na mesa de cabeceira, pois essa tua fuça já é feia o suficiente! :P